alimentacao-idosos-final-de-ano

A alimentação dos idosos nas festas de final de ano

Alimentação

Nas festas de final de ano é normal uma mesa farta com alimentos ricos em gorduras e açúcares. Diante deste farto cardápio aliado ao clima festivo, muitas pessoas cometem excessos alimentares, o que provoca diversos malefícios para a saúde, devido a grande quantidade de calorias, gorduras, sódio e açúcares destes pratos, ingredientes esses que são muito prejudiciais à saúde. Mas, os idosos merecem atenção redobrada para não comprometer a saúde.

Podemos considerar idosas pessoas que têm em torno dos 65 anos de idade, mas muitos fatores influenciam na velocidade e intensidade do processo de envelhecimento de cada um. Independente do ritmo do processo de envelhecimento, o correto é aceitar que este faz parte do ciclo natural da vida. Estabelecer rotinas saudáveis de vida traz benefícios para a saúde, mesmo nas idades mais avançadas. Para envelhecer com saúde é muito importante que se tenha um estilo de vida equilibrado e isso engloba, entre outros, alimentar-se bem durante as festas de final de ano, como nas ceias de Natal e Ano Novo.

Dentre os problemas que podem ser causados pela alimentação inadequada durante as festas de final de ano, podemos citar: sobrecarga hepática e renal, além da agressão ao sistema digestório que pode acarretar desde desconforto estomacal, até problemas mais graves. Além do ganho de peso.

Será então que é possível aproveitar as festas com saúde e sem fazer privações? Sim, desde que sejam adotadas algumas medidas simples, porém, que fazem toda a diferença.

Confira algumas dicas  para os cuidados com a alimentação dos idosos nas festas de final de ano:

• Evite refeições volumosas. Coma mais vezes ao longo do dia em menor quantidade.
• Inclua nas refeições cereais de preferência integrais e os mais naturais possíveis.
• Inclua verduras, legumes e frutas, que, além de ser nutritivos e ricos em vitaminas e minerais, combinam com a ceia de Natal e Ano Novo.
• Evite os queijos com alto teor de gorduras.
• Escolha carnes magras, peixes e aves sem pele.
• Consuma óleos com moderação, dando prioridade aos de origem vegetal.
• Evite o consumo de sal e temperos prontos durante a preparação dos alimentos.
• Evite bebidas artificiais (refrigerantes, sucos industrializados) e alcoólicas. Substitua por água, sucos naturais e frutas.
• Evite balas, biscoitos, salgadinhos. Estes produtos não trazem benefícios à saúde.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *